domingo, 20 de novembro de 2016

SALAZAR " DAS WERDEN EINES NEUEN STAATES"



Foi com imensa surpresa que descobri este livro na Internet, pois desconhecia a existência do mesmo..
Trata-se de uma edição alemã de 1938, com prefácio da autoria do Ministro da Propaganda do Reich Joseph Goebbels, e que nos fala do Estado Novo e da obra de Salazar.
Seria interessante alguma editora, poder traduzir esta obra, e publicá-la no nosso País.

Em baixo algumas fotos.











sábado, 12 de novembro de 2016

CRUZ NACIONALISTA "PACTO ANTI COMINTERN"-DISTINTIVOS NACIONALISTAS


CRUZ NACIONALISTA

Quero partilhar com os meus leitores um bonito e raro distintivo Nacionalista, fabricado em Portugal,

Analisando este distintivo, leva-me a crer que o fabrico do mesmo tenha sido realizado entre 1938 e 1939, em plena Guerra Civil Espanhola.
Trata-se de uma cruz de propaganda Anti comunista.
 Podemos perguntar...mas qual a razão da presença da bandeira do Japão nesta cruz ?...em minha opinião, e penso não estar muito longe da verdade, tem a ver com a assinatura do Pacto Anti Comintern.( Pacto Anti Comunista, assinado entre vários Países)


                                   1936 Ribbentrop assina com o Japão o Pacto Anti Comintern

O Pacto Anti Comintern,  acordo concluído primeiro entre a Alemanha e o Japão em 24 de Novembro de 1936 ( em plena Guerra Civil de Espanha) e mais tarde entre Alemanha, Japão e Itália, em 6 de Novembro de 1937.
 Dirigia-se directa e ostensivamente contra a Internacional Comunista (Comintern), todavia, por implicação, especificamente contra a União Soviética.

 A Espanha Franquista junta-se ao  Pacto Anti Comintern em 27 de Março de 1939.

RESUMO COMPILAÇÃO DAS ASSINATURAS DO PACTO ANTI COMINTERN

Entretanto o Estado Português, em Março de 1939, assina um Tratado de Amizade e Não Agressão com a Espanha Nacionalista, representada pela Junta de Burgos e pelo "Nuevo" Estado dirigido por Franco, recusando o convite do embaixador Italiano, em Abril do mesmo ano, para aderir ao Pacto Anti-Comintern.
Salazar, apesar de visceralmente anti comunista, "jogou" pela prudência, não aderindo ao Pacto, talvez por medo dos Ingleses, que eram aliados de Portugal.

Mais tarde outros Países, tornam-se signatários do Pacto tal como a Hungria, Finlândia, Eslováquia, Roménia, Manchukuo,(Estado Satélite do Japão) Croácia, Bulgária, Turquia, (observador) Dinamarca, e El Salvador. (1941)


                                                        COMICIO ANTI COMUNISTA


DISTINTIVO FALANGISTA PERTENCENTE AO ESPÓLIO DO DIRIGENTE DA MOCIDADE PORTUGUESA TENENTE ANTÓNIO QUINTINO DA COSTA
(COLECÇÃO VIRIATOS MILITARIA)


FESTEJOS PACTO ANTI COMINTERN


CATÁLOGO  DISTINTIVOS NACIONALISTAS DO PERÍODO DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA DE UM FABRICANTE DE LISBOA




Nº27 DO CATÁLOGO 

                                 A Turquia assina e junta-se ao Pacto em 18 de Junho de 1941



DISTINTIVO FALANGISTA FABRICADO EM LISBOA


                                                   Assinatura do Pacto com o Japão


                                                                     
                                                        Nº 24 DO CATÁLOGO


DISTINTIVOS NACIONALISTAS FABRICADOS EM PORTUGAL DURANTE A GUERRA CIVIL DE ESPANHA


FONTES: COLECÇÃO VIRIATOS MILITARIA

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

REVISTA FRANCESA 39-45 "HORS -SÉRIE"-WAFFEN SS





Sinalizo duas revistas Francesas, do mês de Novembro, que acabei de comprar, e que são super interessantes, quer pela qualidade das mesmas, quer pelos detalhes uniformológicos apresentados pelas dezenas de fotos, a maior parte delas inéditas.

Interessante também o testemunho dos veteranos da 12ª Divisão SS Hitlerjugend.

Para os estudiosos e coleccionadores das Waffen SS, aconselho vivamente a compra destas duas revistas. 
À venda no Corte Inglês, ou em qualquer Centro Comercial do País ou então no site francês.



BREVE HISTÓRIA DAS WAFFEN SS -NORD




BREVE HISTÓRIA WAFFEN SS HITLERJUGEND


domingo, 30 de outubro de 2016

RAD- REICHSARBEITSDIENST-SERVIÇO DE TRABALHO ALEMÃO





Certamente muitos leitores não sabem o que é o RAD..... ou seja o Serviço Nacional do Trabalho Alemão, conhecido como "RAD-Reichsarbeitsdienst"

Coloco hoje algumas peças que pertencem à minha colecção sobre esta organização Nacional~Socialista.

Entre 1920 e 1933, antes da chegada ao poder dos Nacionais Socialistas na Alemanha, e para fazer face ao enorme desemprego que grassava na Alemanha, já existiam algumas organizações de Trabalho, de cariz religioso, politico, entre outras, com o intuito de dar ocupação a toda aquela massa de de desempregados, muitos deles ex combatentes da 1ªGM.
Foram criados vários campos de trabalho, em que os trabalhos incidiam mais na vertente agrícola e em obras públicas.

Em Junho de 1931, 2 anos antes de Adolf Hitler chegar ao poder, o chanceler Brunning, autoriza a criação do FAD- Freiwilliger Arbeitsdienst-Serviço de Trabalho Voluntário Alemão.

Konstantin Hierl foi apontado como o responsável e chefe desta nova organização. Logo após a sua nomeação Hierl, iniciou a a absorção dos vários campos de trabalho, centralizando-os e submetendo-os ao controlo do Estado.
Por coincidência em 1931, Konstantin Hierl, era já membro e um dos quadros mais elevados do Partido Nacional Socialista, estando por isso muito próximo de Adolf Hitler.

                                                   KONSTANTIN HIERL ( 1875-1955)
                                              KONSTANTIN HIERL (FRENTE LESTE)


Em Agosto de 1933, depois do NSDAP ter conquistado o poder, o FAD foi renomeado NSAD-"Nationalsozialist Arbeitsdienst". Konstatin Hierl continuou no cargo, e sempre teve papel destacado durante o regime Nacional Socialista, que terminou com a derrota da Alemanha, em Maio de 1945.
Hierl sempre ligado ao Ministério do Trabalho do Reich, seria nomeado chefe do RAD em 1935, Reichsleiter em 1936, e Reichsminister em 1943.
Depois da Guerra foi julgado e condenado por "crimes de guerra", passando 5 anos num campo de trabalho para prisioneiros de guerra. Foi libertado, e morreu em 1955.

                                                             

Em de Julho de 1934, o NSAD  foi rebatizado pela última vez como RAD.
A partir de Julho de 1935, o serviço no RAD passa a ser obrigatório para os Homens entre os 18 e os 25 anos, com duração obrigatória de 6 meses.Posteriormente, depois de terem terminado o serviço no RAD,  teriam que completar mais 2 anos na Wehrmacht, em qualquer ramo, seja no Exército, Aviação ou Marinha.
O RAD passa a ser uma organização auxiliar da Wehrmacht, e teve o seu papel durante a guerra, tal como construir e reparar pontes, cavar trincheiras, fortificações, construção e reparação de vias de comunicação (estradas e caminhos de ferro), transporte de abastecimentos, guarda de prisioneiros de guerra, instalação de minas, etc, etc entrando inclusivamente algumas vezes em combate, quando necessário, especialmente na frente Leste, onde  tiveram mesmo de enfrentar os partizans, e as tropas soviéticas.
DISTINTIVO DO FAD



Imagens do RAD

O RAD tinha também a sua secção Feminina conhecida como RAD/WJ-Reichsarbeits der Weibliche Jugend. As mulheres eram destinadas a trabalhos mais leves, especialmente no que concerne a ajudar os agricultores no campo, em diversos trabalhos agrícolas, apoio em hospitais, apoio à maternidade infantil, etc. Em matéria de coleccionismo tudo o que tenha a ver com o RAD/WJ, é  mais raro, e logo mais caro.


RAD/WJ


O RAD/M (Masculino) estava organizado em ARBEITSGAU (Distritos) e eram numerados com letra Romana entre o I-XXXX ( 1-40)




UNIFORME RAD ARBEITSMANNER (SOLDADO RASO)








XIV
Moselland (Mittelrhein)
240-249


Como já tive oportunidade de escrever acima, esta organização, participou em todos os teatros de guerra, desde a Noruega, até ao teatro Mediterrânico. Em 1942 pelo menos 427 unidades do RAD estavam presentes na Frente Leste.


FIVELA DO RAD



 FIVELA DE CINTO DO RAD-MODELO PARA OFICIAIS


Com o aproximar do final da Guerra, e com a falta de homens  que se já fazia sentir na Alemanha, e com o recrudescimento dos bombardeamentos aliados nas cidades alemãs, centenas de unidades do RAD foram treinadas e usadas como unidades de combate anti aéreo (FLAK) estando sob o comando da Luftwaffe.
No período final da Guerra, em que a derrota da Alemanha estava iminente, em Fevereiro de 1945 o serviço no RAD foi reduzido para 6 a 8 semanas de serviço obrigatório. Nesta fase o treino consistia praticamente em tacticas de Infantaria e combate anti tank. Nas últimas semanas da guerra ainda se formaram cerca de 6 unidades de combate do RAD, em que pelo menos 3 destas unidades conheceram duros combates.
O RAD foi extinto em 8 de Maio de 1945, com a capitulação da Alemanha.




BERLIN 1945- COMBATENTE DO RAD MORTO PELOS SOVIÉTICOS



BANDEIRA DO RAD

  • Arbeitsgau------- Nome  Arbeitsgau------ Arbeitsgruppen


    I
    Ostpreussen
    10-17,19

    II
    Danzig-Westpreussen
    20,20 A ,21-29

    III
    Wartheland-Oeste
    30-39

    IV
    Pommern-Ost
    40-47

    V
    Pommern-Oeste
    50-55

    VI
    Mecklenburg
    60-64,67

    VII
    Schleswig-Holstein
    70,71,73-77

    VIII
    Brandenburg-Ost
    80-87

    IX
    Brandenburg-Oeste
    90-96

    X
    Niederschlesien
    100-107

    XI
    Mittelschlesien
    110-116,119

    XII
    Oberschlesien
    120-127

    XIII
    Magdeburg-Anhalt
    130-138

    XIV
    Halle-Merseburg
    140-145

    XV
    Sachen
    150-157

    XVI
    Westfalen-Nord
    160-165

    XVII
    Baja Sajonia-Mitte
    170-177

    XVIII
    Baja Sajonia-Ost
    180-188

    XIX
    Baja Sajonia-Oeste (Oldenburg) 190-198

    XX
    Westfalen-Sud
    200-209

    XXI
    Neiderrhein
    210-217

    XXII
    Hessen-Nord
    220-227

    XXIII
    Turingia
    230-238

    XIV
    Moselland (Mittelrhein)
    240-249

    XV
    Hessen-Sud
    250-258

    XVI
    Wurttemberg
    260-267

    XXVII
    Baden
    270-279

    XXVIII
    Franken
    280-288

    XXIX
    Bayreuth (Bayrischer Ostmark) 290-298

    XXX
    Bayern-Hochland
    300-306

    XXXI
    Oberrhein
    310-319

    XXXII
    Saar-Pfalaz (Westmark)
    320-329

    XXXIII
    Alpenland
    330-335

    XXXIV
    Oberdonau
    340-348

    XXXV
    Wien-Niederdonau
    350-356

    XXXVI
    Sudmark
    360-368

    XXXVII
    Sudetes-Oeste
    370-376

    XXXVIII
    Bohem-Mähren (Sudetes-Ost) 380-386

    XXXIX
    Sud Ostpreussen
    390-393

    XXXX
    Wartherland-Ost
    400-405,408,500,501

    Unidades de Combate nas últimas semanas de Guerra
  • Reichsarbeitdienst Infanterie-Divisionen
    Reichsarbeitdienst-División zbV1/Infanterie-Division Albert Leo Schlageter
    Reichsarbeitdienst-División zbV2/Infanterie-Division Friedrich Ludwig Jahn
    Reichsarbeitdienst-División zbV3/Infanterie-Division Theodor Körner
    Reichsarbeitdienst-zbV4/Infanterie-Division División de Güstrow 

DISTINTIVOS E MEDALHAS DO RAD





BIVAQUE DO RAD





RAD CONGRESSO DO PARTIDO 1937






CHAPÉU DO RAD
                                                                 










Para quem queira estudar toda a iconografia e unirformologia do RAD, aconselho vivamente comprarem o livro abaixo mencionado.

 LIVRO LABOR OF THE REICH